top of page

“Racismo, aqui não!” - Por Brasília Capital

Cooperação entre os Institutos Maria Preta e Latino-Americano de Governança e Compliance Público levará campanha da Bahia para todo o País



O Instituto Latino-Americano de Governança e Compliance Público (IGCP) firmou, na última semana de 2023, um acordo de cooperação para certificação do selo “Racismo, aqui não”, em todo o território brasileiro. A parceria foi firmada com o Instituto Maria Preta, de Salvador (BA), conduzidopelo designer João Silva, criador da marca.

“A partir do acordo, outras organizações poderão afirmar o seu comprometimento em trilhar o caminho da justiça, respeito e equidade”, explica Cristiane Nardes, diretora do IGCP para assuntos de Governança.

João Silva diz que a adoção do selo e seus protocolos por instituições públicas ou privadas, entidades e organizações sociais, e a sua exibição em local visível, em peças publicitárias on e off media, “contribuirá para o enfrentamento da questão e redução de conflitos”.1

Convivência pacífica – O selo “Racismo, aqui não”, foi criado em 2009 e, segundo João Silva, tem como objetivo principal inibir práticas racistas e contribuir para uma convivência pacífica e respeitosa entre todos os cidadãos no Brasil e no mundo”.

Para o IGCP, o selo não é apenas uma declaração, mas um compromisso com a construção de uma comunidade onde a diversidade é celebrada e a igualdade é inegociável. “O combate ao racismo não é uma opção, mas uma responsabilidade coletiva”.

Para conhecer mais sobre o selo acesse: https://www.racismoaquinao.com/ Texto extraído de: https://bsbcapital.com.br/racismo-aqui-nao/

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page